O Brasil, teve registrado pelo instituto Ibope Nielsen Online em dezembro de 2009, a marca de 66,3 milhões de internautas um aumento de 16% em relação a 2008, o que posiciona o Brasil no quinto lugar entre os países com maior número de conexões à Internet, e o primeiro em questão de tempo de navegação, 48h e e 26 minutos, se considerados somente a navegação em sites.

Nas áreas urbanas, 44% da população está conectada à internet,  23,8% dos domicílios brasileiros tem conexão, 27,5 milhões acessam regularmente a Internet de casa, ou 36,4 milhões se considerados também os acesso do trabalho (julho de 2009). Considera-se que 87% dos internautas brasileiros entram na internet semanalmente.

O comercio online seguido pela publicidade,passaram a movimentar grandes quantidades de dinheiro, no primeiro semestre de 2008, as compras on-line somaram R$ 3,8 bilhões (45% mais do que igual período de 2007). O ano fechou em R$ 8,2 bilhões (crescimento de 30% na comparação com 2007). A previsão para o primeiro semestre de 2009 era de R$ 4,5 bilhões, mas, mesmo com crise, o faturamento foi de R$ 4,8 bilhões, 27% a mais em relação ao mesmo período de 2008., e o valor médio das compras foi de 323 reais. A previsão é que o ano feche em R$ 10,6 bilhões.

Segundo dados do site Webhosting.info. no inicio do mês de Março uma única empresa de hospedagem de sites e soluções corporativas, a Uol Host registrou  a marca de 200 mil domínios .com registrados e nos últimos dois anos, mais de 140 mil domínios com a terminação .br. O diretor do Uol Host,Vinícius Pessin, acredita que o movimento de inclusão digital empresarial teve sucesso ao fornecer condições para que o mercado de Internet também seja acessível às pequenas e médias empresas, pois ele calcula que apenas 20% das empresas brasileiras possuam um website (domínio)  registrado na internet.



Sexta, Setembro 10, 2010

« Voltar